Amor emoldurado…

montagem quadroass

 

Querida avó, Ângela:

Onde quer que tu estejas;

qualquer que seja a ESTRELA que te serve de travesseiro;

e a GALÁXIA onde moras;

quero que saibas que tenho um pedaço de ti,  emoldurado;

que o teu nome, bordado com tanto carinho e desvelo num imaculado lençol de linho,  perdura agora não só no coração e na memória, mas também num lindo quadro, que mora cá em casa.

E sabes uma coisa?

Eu sou capaz de jurar que ele conversa com o bengaleiro, seu vizinho,  que também foi teu e do avó.  Às vezes, ouço-os cochichar.

Querida avó: a tua chama apagou-se cedo demais! Quero que saibas como lamento nunca poder vir a saber qual era o tom do teu cheiro e a cor da tua voz; a que sabiam os teus beijos; que desenhos faziam os teus cabelos; se sorrias como o Sol.

Mas sabes, agora que o teu brilho está mais perto de mim, abençoa-me sempre que chego a casa. E cada vez que abro a porta, enquanto sorris para mim, parece-me cheirar a rosmaninho, o mesmo dos raminhos que guardamos junto com a roupa delicada.

Querida avó, Ângela:

espero que gostes!

DSC_0032recass      DSC_0004ass

 

 

 

Restauro: Take three – Em andamento…

Depois do móvel limpo e desinfetado,  há que começar a dar um banho de tratamento, preparando-o para a pintura final.

1º Passo – Preencher as falhas  e partes desfeitas da madeira com pasta de madeira.

IMG_20180505_132243.jpg IMG_20180505_142935.jpg

2º Passo – Lixar as plataformas de zinco latonado, de recolha de água dos guarda-chuvas, com escova de aço e limpar com diluente. Deixar secar.

IMG_20180505_112822.jpg     IMG_20180505_112518.jpg

3º passo – Enquanto as peças de metal secam, passar goma lama em todo o móvel, para impermeabilizar e também ajudar na conservação da madeira.

IMG_20180505_145324.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

4º Passo – À medida que o móvel  vai secando, pintar os reservatórios de metal com a tinta da cor desejada, neste caso, ouro velho “Corrostop”.

IMG_20180505_142910.jpg  IMG_20180505_152259.jpg

5º Passo – Limpar e proteger o espelho, forrando-o com papel de veludo autocolante. Compor pequenas partes  em falta, algum do revestimento em folha que saiu e que permite o reflexo e a opacidade do espelho, por trás. Há falta de melhor, com este imprevisto, nada que um pouco de papel de alumínio de cozinha não resolva, colocado entre o espelho e o veludo.

IMG_20180506_085009.jpg

Lições do dia:

  • A pressa de querer ver o resultado final, faz perder a paciência. Há que fazer com calma, pois saltar uma etapa pode dificultar a obtenção do efeito desejado.
  • Descobri que a goma laca se faz a partir da resina produzida pelo inseto Kerria lacca.