O meu verbo preferido…

Cascatear, é um verbo! Sabiam? Por sinal, o meu verbo preferido.

Cascateando, é o gerúndio do verbo cascatear. Como eu adoro estes gerúndios…!

E a conjugação na primeira pessoa do singular, do presente do indicativo – “eu cascateio”- , não é deliciosa?

É sim! Melhor, mesmo, só o plural: “Nós cascateamos!”.

– Ah, como é bom cascatear, por esse Portugal afora!

IMG_20180828_150456 (2)ass

DSC_0175adapassDSC_0168assDSC_0153adapass

Que atrevimento!

Estas libélulas atrevidas  pousaram nos meus pés e mãos, sem pedir licença, usando e abusando deles como se fossem um heliporto. Só desculpei, porque além de bonitas, eram simpáticas. Enquanto elas “libelavam”, deu para conversarmos. Eu deixei-as descansar e  disse-lhes  o que andava a fazer por aquelas bandas. Elas retribuíram, com poses elegantes para as minhas fotos, ao mesmo tempo que me contaram segredos e histórias de encantar, sobre os bonitos locais da Ermida.